Menu

As terras da Prainha em Cuiabá são abençoadas

Nenhum Comentario
FÉLIX-RONDON-ADUGOENAU

FÉLIX-RONDON-ADUGOENAU

BORORO POSSUEM ANCESTRAIS NA GUARDA DE CUIABÁ

Olá Carlos,


Repasso as contribuições que os parceiros dos Jogos, de Cuiabá, já disponibilizam para o evento de lançamento do dia 9 de agosto.
Primeiro a msg do Félix, que está em nossa equipe local como representante da SEDUC na comissão de organização dos Jogos pelo Governo de Mato Grosso, mas também como Bororo que é, neste trabalho relevante na terra de seu povo.
Assim, gostaríamos de repassar a msg dele como uma sugestão que vcs poderiam considerar para “benzer” o local que é terra Bororo.

Segundo, o prof. Dielcio da Comunicação da UFMT também estará organizando a Equipe para cobrirem o evento de lançamento dos Jogos.

Estamos na escuta do que pudermos contribuir, a partir das informações que nos repassam.

abraços,

Beleni
P.S.: msg enviada com cópia aos demais participantes da nossa equipe local, na organização dos Jogos.

———- Mensagem encaminhada ———-
De: Felix Rondon Adugoenau <felix.adugoenau@seduc.mt.gov.br>
Data: 5 de julho de 2013 10:04
Assunto: RES: Notícias dos Jogos Indígenas em Cuiabá
Para: Beleni Grando <beleni.grando@gmail.com>

Professora Beleni Saléte Grando.

Muito obrigado pelas informações.

Você já sabe quem eles vão convidar para abençoar o local?

Recordo que no e-mail para o professor Passos com cópia para você, eu disse que estas terras estão tintas de sangue dos nossos antepassados. E perto está o morro do espírito “Aturua” com o nome “Aturuari” com significado Morro do espírito Aturua. Outro nome deste morro é “Toroari” que significa Morro do Falcão. Ao lado da prainha está o morro “Ikuieri” com significado de Morro do diamante. E na Prainha está o “Ikuia Pá”, local onde os ‘homens almas’ do Povo Bororo pescavam com suas flechas chamadas “ikuia“.

“bari atua com os espíritos, o “Aroe Etawara Are” atua com as almas, o Tupa atua com crianças espirituais e o “Iworo, xamã da boa sorte.

E como não temos mais “Tupa“Iworo, poderia-se convidar uma pessoa eu faça os trabalhos do xamã e uma pessoa que vá fazer o trabalho do “Mestre do Caminho das Almas” (Aroe Etawara Are).

O senhor Joaquim Buruduí que fica na Aldeia Córrego Grande faz o trabalho de “bari“.

O Helinho Kururgugoeiga que fica na Aldeia Aije Ako, Reserva Meruri, faz o trabalho de “Aroe Etawara Are”.

Ficaria aproximado do que poderia acontecer quando estão os quatro entes xamânicos.

Att.:

FÉLIX RONDON ADUGOENAU
Coordenador
Coordenadoria de Educação Escolar Indígena – CEI/SEDUC-MT
(65) 3613 6327 – fone/fax
Visite o Blog do Félix http://felixadugo.blogspot.com.br/
Rua Engenheiro Edgar Prado Arze, 215 – Centro Político Administrativo – CPA, CEP 78.049-909 Cuiabá MT

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *