Menu

VIVA A DEMOCRACIA ATIVA: A POPULAÇÃO SULEANDO A POLÍTICA

Nenhum Comentario
MANIFESTAÇÕES PELA DEMOCRACIA

MANIFESTAÇÕES PELA DEMOCRACIA

Não foi a mera existência de redes sociais. Foi o absurdo. A desproporção. O uso abusivo, indevido e violento da chamada força legal do “Estado”. Ao mesmo tempo as mentiras, que já não pegam ninguém, de que de um lado estão os bandidos e vândalos, do outro a inocência e a legalidade justados agentes do Estado.

Não foi assim. O depoimento em São Paulo dos comandantes das operações, em que um dizia que as munições eram apenas de balas de borracha – e ainda usadas de modo frontal, em muitos casos de forma covarde e indecente, com risco de morte no que tangia aos dois jornalistas em que foram acertados nos olhos; e o outro comandante, que dizia – abertamente – que sessenta por cento eram letais; e, mais, que eles “foram feitos para fazer isso mesmo”! Ninguém ignora que há anos circulam “mentiras oficiais” que desinformam, por parte do próprio Estado, ou seja, não há pejo de sustentar farsas e mentiras que tornam a democracia vulgarmente dita “fajuta”, e que esconde sob o nome de direito de Estado, o Estado de Exceção contra a democracia! É a expulsão sumária daqueles que detem a única força legítima de representação do Estado: o POVO. É contra este estado de mentiras radicalizado de ações contra uma copa indecente nos meios, nos aparatos de imposição, de colonialismo do capital contra a população desprezada por eles, e por isso, criminosa nas intenções, nos meios e nos fins, que precisamos nos levantar: “NÃO PASSARÃO!” – a cidadania não está dormindo! Ela está de pé! E, para nosso consolo, está de pé, em nível mundial e planetário.

É preciso que se saiba que há CUIDADO de todos e todas, contra todas as tentativas de impor corrupção, violência, tortura, massacres e genocídio. manha e beleza capaz de usar a ‘tecnologia para nos defender dela’ (RUSSEL).  A hora é da Palavra devolvida à população globalizada, que expressa a força de uma democracia demandada, muito além das “casas do povo”! VIVAM A JUSTIÇA, A PAZ COMO FRUTO NÃO COMO CONCESSÃO DO ESTADO, A AUTONOMIA E EMANCIPAÇÃO DOS CIDADÃOS!

Vergonha e genocídio

Vergonha e genocídio

Professor Passos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *