Menu

PISTOLAGEM CONTRA GUARANI-KAIOWÁ

Nenhum Comentario

Pistolagem ameaçam indígenas Guarani-Kaiowá

Acabo de conversar com a Valdelice Veron, uma das lideranças indígenas da aldeia Takwara, no município de Juti-MS, que relatou a grave situação nesse momento.
Ontem (27) o cacique Ládio Veron, Guarani Kaiwoá, foi perseguido por caminhonetes com pistoleiros quando percorria a região. Esses pistoleiros não conseguiram pegá-lo, mas se somaram a outros, também em caminhonetes, e agora permanecem bloqueando os acessos para a aldeia. Um ônibus com cerca de 60 indígenas conseguiu furar o bloqueio chegando à aldeia, outros indígenas (homens e mulheres idosos) saíram por conta do eminente conflito.
Hoje (28), por volta das 5 horas os indígenas reuniram-se após notarem grande número de pistoleiros armados (em caminhonetes) avançarem suas terras e dizendo que os indígenas da aldeia não passaram desta sexta-feira. Mais uma vez ameaçaram matar o cacique Ládio Veron e outras lideranças.
Isso ocorre devido à ação do fazendeiro Jacinto Honório da Silva em avançar e tomar as terras indígenas dos Guarani Kaiwoá.
Valdelice pede a ajuda de todas/os, fazendo contatos com a presidência, órgãos de Direitos Humanos, Ministério da Justiça, Parlamentares, Força Nacional, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *