Menu

Expoliação dos Direitos dos XAVANTE

Nenhum Comentario

MARÃIWATSÉDÉ TERRITÓRIO XAVANTE

Arquivo do Pesquisador

A COIAB em parceria com o povo Xavante está organizando uma grande manifestação de apoio à Terra Indígena Marãiwatsédé, no Mato Grosso, nos dias 27, 28 e 29 de outubro de 2011, com o objetivo de chamar a atenção da sociedade nacional para o drama dos parentes Xavante.

O Governo do Mato Grosso, junto com os deputados estaduais, promoveu uma verdadeira obra anti-indígena, ilegal, contrariando a Constituição Federal, ao criarem a Lei 9.564 que tenta obrigar o povo Xavante a abandonar o seu território tradicional, para dar lugar ao criminoso esquema do latifúndio e do agronegócio, patrocinado por políticos e fazendeiros da região.

A manifestação é um momento também para nos posicionarmos contra o Grupo de Trabalho da Assembleia Legistaliva e do Governo de MT, autorizado pelo Ministro da Justiça, que prevê a reavaliação dos processos para a demarcação de Terras Indígenas no Estado, o que vai trazer ainda mais dificuldades para o reconhecimento dos nossos direitos.

Não aceitamos, queremos que o Governo Brasileiro respeite a Nação Xavante que sempre viveu em guerra pela busca e garantia dos seus direitos.

O Estado do Matogrosso foi devastado pela invasão criminosa do agronegócio e pela ambição dos seus governantes. A soja e o gado não são mais importantes que a vida do povo Xavante que há anos luta para ter o direito de viver em paz dentro do seu território.

Cacique Damião, um dos maiores nomes do povo Xavante, espera o apoio de lideranças indígenas de todo o país, para participarem desse evento que pretende interditar a BR que passa por dentro do Território Indígena.

Território não se negocia, não está à venda. Os guerreiros Xavante honram os seus antepassados que vieram para a região bem antes que qualquer um e nasceram e cresceram e estão enterrados naquele chão, porém vivos em cada árvore, em cada canto de pássaro, na cor da sua pele, na força da sua cultura, em cada lembrança de Marãiwatsédé.

Vamos todos e todas participar dessa grande manifestação contra a opressão do Agronegócio. Marãiwatsédé é dos Xavante !

Saudações Indígenas,

Coordenação COIAB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *